Angela Vilma

Ângela Vilma nasceu em Andaraí (BA), em 1967, é poeta, cronista e professora. Publicou Beira-Vida (1990), Poemas escritos na pedra (1994), Poemas para Antonio (2010), A solidão mais funda (2016) e Aeronauta (2020) e sua dissertação de mestrado (UFPE), A tessitura humana da Palavra: Herberto Sales, contista (2004). É professora adjunta em Teoria da Literatura na UFRB. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: poesia, narrativa, crítica literária, educação e literatura brasileira.

Últimos artigos do colunista

DE UMA RUA E SEUS RAMALHETES

Últimas multimídia do autor

Nenhuma multimídia publicado ainda.

Acesse a Revista